sábado, 6 de outubro de 2018

HONG KONG - SYMPHONY of LIGHTS





HONG KONG - HOTEL PENÍNSULA 

No dia 19 de abril de 2017 - dia do meu aniversário, 

estava em Hong Kong e fiz o tour nocturno pela cidade 

que terminava precisamente em frente a este hotel 

e já me tinha apercebido que o espectáculo 

começava ali muito perto pelas 20 horas. 




Saio do bus, capto algumas fotos do hotel e da fonte, 

atravesso a rua, sempre perguntando 

e cheguei mesmo a tempo de me sentar no meio 

de um grupo de pessoas 

e esperar que o espectáculo começasse...




Máquina fotográfica preparada 

e, era só cliks, uns a seguir a outros...














Ao pesquisar na net o que ver em HK 

este espectáculo dizem, é imperdível e assim fiz

SYMPHONY of LIGHTS

precisamente no dia do meu aniversário!




Volto a esta praça e sigo em busca de uma estação de metro, 

pois queria voltar para a zona onde estava o hotel 

e ainda tinha que jantar...

praticamente fui comendo isto e aquilo ao longo do dia, 

não almocei, barritas, fruta...





tinha chegado à zona do hotel e tinha estas escadas para subir, 

recordo-me tão bem, encostei-me a um canto, 

antes de as subir e dei um toque para Portugal

porque sendo 21h em HK... cá eram 14h 

e a possibilidade de falar com os meus netos

Disse-lhes que eram 21h 

e ainda tinha que ir procurar um restaurante para jantar...




de manhã, antes de ir para a grande cidade, 

informei-me ali nas redondezas onde poderia jantar 

e lá fui eu... decidida a "provar" Dim Sum...

HOJE....tinha que ser... no dia do meu aniversário!






Dim Sum é servido nestas cestas de bambu, 

geralmente três ou quatro, conforme os tamanhos. 

Neste caso eram três, eu pedi de camarão e espinafres!





Para não comer só o "Dim Sum", 

pedi também esta bola de arroz com carne dentro 

e depois perguntei ao funcionário, se podia fazer uma foto minha 

pois era um dia especial, e ele assim fez...




Paguei a conta com uma nota de 50 e duas moedas, 

ficou muito em conta este meu jantar; 

o restaurante tinha muito bom aspecto, gostei. 

O meu dia estava quase a terminar, 

fui para o hotel ali muito perto 

e cansada de um dia muito longo, dormi um sono profundo.


Tão FELIZ eu estava!




quinta-feira, 23 de agosto de 2018

LANGKAWI SKY BRIDGE



MALÁSIA 

Tudo novo nas minhas experiências de viagens 

Esta aventura fez-me pensar que só sei 

"VIAJAR com ALMA" 

aqui viajei com todos os sentidos!





Aqui, o sentido mais apurado foi a VISÃO 


eu via maravilhas diante dos meus olhos...









Viajar por mim mesma, sem Guias, 

sem saber o que vou ver no minuto seguinte, 

é disto que eu gosto! 

Surpreender-me a cada momento.





Há duas formas de chegar à Ponte Suspensa!

Ou pela floresta, um trilho complicado e de difícil acesso,

com muitas subidas íngremes OU paga-se 

e vamos nesta espécie de elevador eléctrico; 

Apenas turistas já habituados a fazer muitos trilhos 

é que se aventuram a ir pela floresta, 

os demais iam deste modo que eu também fui; 

além do mais tive conhecimento que este elevador 

tinha começado a funcionar há menos de dois anos, 

ainda bem, caso contrário 

acho que não tinha ido à Ponte Suspensa.






O percurso é feito por duas etapas! 

A primeira é aquela subida tão íngreme e longa 

desde a "Oriental Village" até ao topo da montanha; 

Depois temos um miradouro para apreciar toda a paisagem, 

fazer fotos e, pensava eu que estava já próximo 

da tal Ponte Suspensa, nada disso... 

pergunto e sou informada que havia outro percurso 

mais curto e não tão inclinado, de teleférico 

até ao cimo da montanha onde está a Sky Bridge! 

Na imagem seguinte vou dar início ao segundo percurso, 

vê-se ali um fotógrafo que vai fazendo fotos de todos 

os que chegam, para tentar mais tarde vendê-las. 







Sozinha dentro do teleférico 

ia captando tudo o que via em redor, 

era uma maneira de estar distraída, 

procurando motivos para o "clic" 

e assim esquecer que estava a uma altura daquelas, 

suspensa por um cabo.






Fantástica vista da Ponte Suspensa! 

Aquela que todos querem ver e pisar, 

mas demora a lá chegar 

e é preciso muita coragem para o fazer, confesso.






Já em cima da Ponte 

vou observando a felicidade das pessoas, 

fazendo selfies para mais tarde recordar aquela aventura; 

existem espaços envidraçados e transparentes, 

a adrenalina sobe e de que maneira. 

Sorte a nossa por não estar neblina 

e a nossa vista poder alcançar toda a área em redor. 

Uma experiência única!



terça-feira, 24 de abril de 2018

DESLUMBRADA COM TUDO À MINHA VOLTA



Foi um dia muito bem aproveitado! 

Depois de apanhar o "Red Heritage Route", 

saí na paragem 6 - Kampong Glam 

e fiz uma visita a pé, de cerca de 2 horas pelo Bairro Árabe! 

Visitei a Mesquita, o seu interior




está aqui bem registado para memória futura, 

um quadro que assinala o dia, mês, ano e hora...

dia 28 fevereiro de 2018, pelas 2h 18m ... eu estava ali...



descalça, só de meia no pé, 

eu pisava a alcatifa



Visitei a Mesquita e o antigo Palácio do Sultão; 

voltei a pé pela rua que nos leva à Mesquita, 

vê-se a mesma ao fundo 

e, fui novamente apanhar o bus da linha vermelha; 

nesta rua só para peões, 

muitos restaurantes de comida turca e árabe, 

convidavam a entrar, quanto mais não fosse 

pelo cheiro das suas iguarias!






regressei à base - Suntec City shopping , 

sendo quase 15h entrei e fui almoçar no PappaRich, 

já lá tinha almoçado no dia anterior 

e como gostei, repeti o lugar, 

mas comi outra especialidade





apanho mais uma vez a rota vermelha...




na imagem, o bus vira para "Little Índia" (stop 3) 





O tempo voa e há que fazer opções, 

mesmo vendo em andamento a imagem de um Templo Hindú, 

tinha curiosidade em ver como seria por dentro, 

pois no dia anterior já tinha estado num outro, 

tinha assistido à cerimónia, mas... decidi seguir

e, não descer nesta paragem!




sigo para a "Chinatown" (stop 11) 

tinha na ideia ir visitar um Templo chinês, 

só que, quando cheguei próximo do mesmo, 

começou a chover 

e decidi continuar...




fui até ao fim da linha 

"Marina Bay Sands Convention" (stop 16) 

e ali desci do bus 

e comecei a minha visita 

por aquele lugar magnífico! 

Ainda no piso superior do bus, fiz esta imagem, 

de uma perspectiva espectacular.





entrei no edifício do "Marina Bay Sands"

e fiquei fascinada com tudo o que via em redor

todo aquele colorido, muitas flores...





circulei por aqueles corredores

deslumbrada com tudo o que ia vendo!





avisto um restaurante em cima de um pequeno lago 

em que passeiam alguns barcos, do género das gôndolas

Tudo tão diferente!!!




de repente, vejo o balcão do check-in e check-out

Ora bem... dirijo-me para lá 
e faço a pergunta: 

Preciso de fazer uma reserva para a próxima semana, 
preços para um quarto single? 

550 dólares sem pequeno-almoço/noite




Ali tudo é LINDO!

Não ligo a lojas de griffe, o que mais há por ali

mas, toda a decoração era um sonho. 

Lá andava eu, a ter muitas emoções sozinha, 

sem ter com quem compartilhar...