terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

VICTORIA PEAK - THE PEAK



Foi esta a primeira imagem que tive 

do Tram que sobe ao "Peak" 

estava na fila à espera e lá o vejo descer...




durante o percurso da subida observo tudo, 

vejo que tem lugar para 95 pessoas sentadas e 25 de pé...

é assustador, 

o peso que leva e tão íngreme que sobe/desce

Ohhh pela janela apercebo-me da neblina 

que envolve a cidade e, penso: 

Como ter uma bela vista, com esta neblina? 

Só ia lá acima uma vez, pois tinha apenas 1 acesso/ticket 

e...calhou logo estar esta neblina quase cerrada!





Vou ocupando o meu tempo vendo tudo, 

os placards desde o início em 1888 até aos dias de hoje, 

o tram já foi verde e agora é vermelho

Observo-o na descida e mais uma viagem... 




Há quem diga que, se tiver só um dia e tiver que escolher 

o que fazer em Hong Kong...deve ir ao "The Peak" 

também conhecido como Victoria Peak, 

lá fica o ponto mais alto da cidade 

e, realmente é um lugar que vale a visita.

A vista é de tirar o fôlego...

Toda a baía de Hong Kong e todos os seus prédios 

dão-nos uma dimensão da cidade, 

que tem uma das maiores densidades populacionais do mundo.






Já lá vem outra vez o tram, é melhor eu apressar-me 

pois vem sempre cheio e é uma confusão 

quando as portas abrirem... 

vou andando e deparo-me com uma loja de souvenirs

...estranho! Por norma isso costuma acontecer 

no final da visita, à saída...aqui é diferente 

e, rezando a todos os santinhos eu pedia 

que a neblina levantasse, para eu poder 

ter uma bela vista da cidade

Entrando no "Peak Market" perdi-me 

a ver tantas coisas lindas e diferentes;

Para ser franca, não tinha pressa nenhuma 

em ir para o exterior...

pois aquela neblina não estava no programa.





Depois de fazer umas comprinhas, 

descubro o Museu de cera "Madame Tussauds" 

que nem sabia que existia e logo ali...

Ao subir as escadas rolantes a caminho do terraço 

olho pelos vidros e, surpresa das surpresas, 

a neblina tinha quase desaparecido. Maravilha!




Lá estou eu no SKY TERRACE 428

um observatório com vista panorâmica de 360º

o ponto mais alto da cidade, 

a 428 metros acima do nível do mar. 

A entrada é paga, no meu caso já estava incluída no ticket 

que tive para subir no funicular (tram) 

Digo-vos que rolou uma lágrimazinha 

quando me vi, ali...num lugar daqueles 

com uma vista fabulosa 

(só não tinha com quem partilhar, sozinha)




não existem palavras nem adjectivos 

para dizer seja o que for desta imagem 






outro lugar de onde se pode observar 

é no "Lions View Point Pavilion" chega-se lá, 

caminhando uns 10 minutos 
(mas, não é a mesma coisa) 

Lá do alto eu consegui ver esse pavilhão 

e, outra vez o funicular 

descendo no meio da floresta!




3 comentários:

  1. Um dos locais mais belos e por isso mesmo mais caros de Hong Kong.
    A minha filha Catarina estuda aí bem perto.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Bom dia
    Adorei as fotos e o texto. Quase me assustava :)) Obrigada!

    Hoje:- Pétalas em paixão silenciosa.
    .
    Bjos
    "Feliz dia dos namorados"
    Votos de uma boa Quarta-Feira.

    ResponderEliminar
  3. Se calhar - e quase sem dares por isso - acabaste de escrever uma das melhores reportagens que já li... e vi. Qualquer jornal ou revista que fizesse algo como tu fizeste teria mandado enviados-especiais, no mínimo um jornalista e um fotógrafo, mas tu conseguiste fazer as duas coisas com uma elegância, um pormenor e um profissionalismo fenomenal.

    Na minha qualidade de jornalista, gostaria de te ter como colega, pois fazes as coisas com gosto e com muito profissionalismo e qualidade. Este teu post poderia figurar sem qualquer problema numa publicação generalista (Visão, por exemplo) ou mais sectorial (Volta ao Mundo).

    Pena que não faças parte do lobby senão conseguirias com facilidade rentabilizar as tuas muitas viagens publicando as tuas experiências e as tuas vivências. Se calhar até vale a pena tentares, mesmo que não sejas devidamente ressarcida por isso.

    Sobre as fotografias, umas palavras também: estão bem seleccionadas, têm excelente qualidade, as perspectivas são muito boas, a sequência ainda melhor e só por si contaria uma história... acompanhadas com o texto acabam por contar várias histórias. Parabéns. Continua e obrigado pela partilha :-)

    ResponderEliminar